A morte vivida por uma criança

A morte vivida por uma criança

Mais um artigo de Vera Ramalho do Psiquilibrios no jornal Público: A morte vivida por uma criança. Vai doer? Sim, vai, e a criança vai chorar. Não diga “Não chores mais”. Porque é que a criança não pode lamentar a ausência de quem tanto amou? Chorar é tão simplesmente a expressão do amor que se transforma em saudade.
https://www.publico.pt/2019/11/01/culto/opiniao/morte-vivida-crianca-1892118
#psiquilibrios #veraramalho #psicologia #morte #crianças

Identifica-se com este artigo? Se necessitar estamos à distância de um clique.

Li e aceito a política de privacidade desta página

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.

Loading...